Imagem: Fachada Prédio da Porto

Porto registra lucro líquido de R$ 651,0 milhões no primeiro trimestre de 2024

Resultado foi 90% maior que o mesmo período do ano anterior – A Porto apresenta hoje o balanço consolidado dos resultados alcançados no primeiro trimestre de 2024, com indicadores positivos em todas as suas unidades de negócios: Porto Seguro, Porto Saúde, Porto Bank e Porto Serviço. O lucro da companhia aumentou significativamente, registrando um resultado de R$ 651,0 milhões, crescimento de 90,2% comparado ao mesmo período do ano passado. Já a lucratividade medida pelo ROAE foi de 20,9% no trimestre, um aumento de 8,1 p.p. (vs.1T23).

A receita total cresceu 14,2% (vs.1T23), atingindo R$ 8,6 bilhões, e a companhia registrou a marca recorde de 17 milhões de Clientes. A estratégia de segmentação dos negócios tem contribuído de forma significativa para o crescimento e aumento do foco em cada uma das quatro unidades de negócio, aprimorando ainda mais a experiência dos consumidores.

O retorno sobre as aplicações financeiras ex Previdência geridas pela tesouraria da Porto foi de R$ 322,2 milhões no 1T24, o que representa uma rentabilidade equivalente a 94,9% do CDI, determinado principalmente pelo desempenho em renda variável e multimercados. Por outro lado, houve impacto positivo em crédito privado e nos títulos marcados na curva (NTN-B). Em relação ao mesmo período do ano passado, o resultado financeiro cresceu 68,5%, atingindo R$ 234,1 milhões.

O índice de eficiência operacional, que leva em consideração a soma das despesas administrativas em relação à receita total, alcançou 11,5% no 1T24, o que corresponde a uma melhora de 1,3 p.p. no trimestre (vs. 1T23), decorrente dos ganhos de produtividade observados no período.

No âmbito da digitalização das operações, a Porto registrou 45 milhões de interações e atendimentos digitais no primeiro trimestre do ano e 55% dos acionamentos para serviços de carro ou residência do período foram feitos por meio do Super App e do WhatsApp.

Na Porto Seguro, unidade que responde pelos produtos Seguros, os prêmios do primeiro trimestre expandiram 6,6% em comparação ao mesmo período do ano anterior. O segmento Patrimonial apresentou a maior taxa de crescimento (12,5% vs. 1T23), seguido pelo Vida (12,0% vs. 1T23). No Auto, os prêmios foram 5,4% maiores do que no mesmo período do ano anterior, com destaque para o aumento de 320 mil veículos na frota segurada (+5,6% vs. 1T23), alcançando a marca recorde de 6 milhões de veículos segurados.

O Índice Combinado melhorou 4,3 p.p. (vs. 1T23)¹, atingindo 88,9% no trimestre, explicado principalmente pela redução na sinistralidade do Auto em 5,3 p.p. em números comparáveis¹, decorrente do aprimoramento na subscrição de riscos, aumento no controle de sinistros e menor impacto de enchentes no período quando comparado ao primeiro trimestre de 2023.

Na Porto Saúde, as receitas expandiram 48,9% (vs. 1T23), atingindo R$ 1,5 bilhão, alavancadas pela continuidade de um crescimento significativo nos prêmios do Seguro Saúde de 52,7% (vs. 1T23). O resultado foi motivado principalmente pelo incremento de 135 mil vidas no período (+31,7% vs. 1T23), atingindo 562 mil beneficiários no total.

Nota (1) Para fins de comparação, a sinistralidade e Índice Combinado de 1T23 considera o markup de Assistência, que passou a ser considerado a partir do 1T24.

O Índice Combinado da unidade de negócio Saúde melhorou 6,6 p.p (vs. 1T23), atingindo 88,0% no trimestre. Foi o melhor resultado dos últimos quinze trimestres, decorrente principalmente da redução da sinistralidade para 71,4%, índice 5,6 p.p. menor em comparação ao 1T23 e 4,5 p.p. menor em relação ao 4T23, o que representa um retorno a patamares pré-pandemia. Essa melhora foi proporcionada pelo resultado dos novos produtos, avanço na verticalização virtual, adequações tarifárias e ações para redução de fraudes.

No Porto Bank, as receitas totais cresceram 21,0% (vs. 1T23), superando R$ 1,3 bilhão, impulsionadas principalmente pela elevação de 38,7% nas receitas do Consórcio. No Cartão de Crédito, o volume total transacionado cresceu 17,7%, atingindo R$ 13,6 bilhões.

A inadimplência das Operações de Crédito acima de 90 dias encerrou o trimestre em 6,5%, uma redução de 1,0 p.p. (vs. 1T23) e permanecendo 0,5 p.p. abaixo da média de mercado. As novas safras têm apresentado boa performance, indicando a efetividade das políticas implementadas nos últimos meses. Assim, o foco na gestão de risco e melhor qualidade da carteira de crédito continuam sendo pilares do crescimento sustentável da vertical.

Neste trimestre, a companhia passou a divulgar os resultados da Porto Serviço, a nova unidade de negócio que conta com um portfólio de serviços de assistências residenciais, empresariais e automotivas. A Porto foi a primeira empresa a incluir serviços nas apólices de seguros. Agora, assumiu o desafio de levar essa experiência para os mais diversos segmentos de maneira independente, inclusive para quem ainda não é cliente Porto. No primeiro trimestre do ano, a unidade realizou 1,2 milhão de atendimentos e obteve R$ 612,4 milhões em receitas. A Porto Serviço tem focado na ampliação de vendas no B2C e B2B2C, intensificado parcerias estratégicas para distribuição de seu portfólio de serviços e buscado potenciais operações de M&A para alavancar seu crescimento.

A Porto foi considerada novamente a segunda marca mais forte do País de acordo com a Brand Finance. Esse resultado comprova ainda mais a força da nossa marca, que, cada vez mais, se conecta com os nossos Clientes, com uma identidade única, percebida por sua alta qualidade e confiança. A qualidade dos serviços prestados pelas verticais segue sendo reconhecida pelos clientes, com índices de NPS (Net Promoter Score) de 78 pontos no seguro Auto, de 80 pontos no seguro Residência e 73 pontos do Cartão de Crédito Porto Bank.

Principais destaques (1T24 em comparação com 1T23): 
•Receita Total: R$ 8,6 bilhões (+14,2%)
•Receita Porto Seguro: R$ 5,1 bilhões (+6,6%)
•Receita Porto Saúde: R$ 1,5 bilhão (+48,9%)
•Receita Porto Bank: R$ 1,3 bilhão (+21,0%)
•Receita Porto Serviço: R$ 612,4 milhões
•Lucro Líquido: R$ 651,0 milhões (+90,2%)

Sobre a Porto
A Porto é mais que uma seguradora, é um ecossistema de soluções de serviços de proteção com tecnologia embarcada, para melhorar e facilitar a experiência do cliente. Com mais de 75 anos de mercado, a companhia possui quatro unidades de negócios: Porto Seguro, Porto Saúde, Porto Bank e Porto Serviço. Além de 17 milhões de clientes únicos, 13 mil funcionários, 13 mil prestadores e 36 mil corretores parceiros, a empresa conta ainda com sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. Fazem parte do universo Porto: Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência, Porto Seguro Uruguay entre outras. Em 2023, a companhia apresentou R$ 31,7 bilhões de receita e lucro líquido de R$ 2,26 bilhões. O momento é de aceleração do crescimento e expansão de novas frentes de negócio para lançar cada vez mais produtos inovadores e ser cada vez mais um porto seguro para as pessoas e seus sonhos.

Imagem: Fachada Prédio da Porto
Imagem: Fachada Prédio da Porto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *