Wiz impulsiona práticas ESG com novas metas e indicadores

Companhia adota critérios da CGU na prevenção a fraudes e amplia ações de educação visando igualdade de oportunidades para todos – A Wiz (B3: WIZS3), gestora de canais de distribuição de seguros e produtos financeiros, está reforçando sua agenda ESG (Governança Corporativa, Social e Ambiental) este ano. Todas as áreas da Empresa receberam metas e indicadores para mitigar danos, causar impacto positivo no clima organizacional, promover maior igualdade de oportunidades para todos e contribuir com o desenvolvimento da sociedade.
Com o intuito de inibir práticas desleais, de corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes, a alta liderança da Companhia está abordando os temas em diversos encontros com os colaboradores, por meio de treinamentos e rodas de diálogo. Além disso, com a finalidade de fortalecer a frente de integridade da Wiz, o programa de compliance e seus principais documentos, como o Código de Ética e o manual de apuração do Canal de Denúncias, estão sob revisão, utilizando-se como base os critérios de avaliação da Controladoria Geral da União (CGU).
“Entendemos nossa responsabilidade e assumimos o papel na transformação da sociedade para um lugar mais justo, correto e igualitário, principalmente estimulando o bom caráter e o desenvolvimento das pessoas. Acreditamos que um dos principais pontos é incentivar a educação, para que a meritocracia seja de fato levada em conta. Queremos as pessoas partindo de uma mesma base para chegar mais longe”, explica a Partner Diretora de Gente e Cultura da Wiz, Carolina Bento.
Sob o viés da inclusão, diversidade e equidade no ambiente de trabalho, a Wiz instituiu vagas para o público em condição de vulnerabilidade social, sendo 10% pessoas contratadas após participação em programas de aceleração da Companhia, como os programas Speed Wiz Tech e PCD, Alicerce, Aprendiz e Start.
A Companhia segue em parceria com projetos sociais, como exemplo o Galt — um curso preparatório pré-vestibular e para o Enem, com sede no Distrito Federal, composto por voluntários que atuam com jovens de baixa renda. Os Wizzers são mentores de alunos do cursinho, contribuem em oficinas de capacitação para estudantes e com consultorias administrativas para o próprio time Galt. Além disso, a Wiz pretende impactar 300 pessoas vulneráveis com diferentes ações de desenvolvimento ao longo deste ano, sendo metade delas pretas, mulheres ou LGBTQIAPN+.

PLR e selos de metas

Para que as metas e os indicadores sejam atingidos, as lideranças têm papel fundamental de cascateamento da política na Wiz. Resultados inferiores aos esperados impactam na Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de todos os colaboradores.
“Temos a convicção de que é preciso um olhar atento às práticas ESG, não como um benefício apenas para a Companhia, mas como uma prática para a própria sociedade. Adotamos uma visão mais global, pensando nos impactos que a Companhia provoca no seu ecossistema, não nos limitando a uma lógica financeira”, explica o Diretor Financeiro da Wiz, Marcus Oliveira.
Desde o ano passado, a Wiz criou um comitê voltado para ESG, que auxiliou no processo de elaboração e implantação das metas para 2022. A Companhia tem um histórico de ações na temática de sustentabilidade, como o apoio a projetos que impactaram a vida de mais de 7 mil pessoas e instituições de desenvolvimento e assistência social.
De acordo com a Partner Superintendente de Relações com Investidores da Wiz, Stefania Fernandes, hoje o mercado impulsiona e exige que o ESG seja, de fato, uma bandeira mais forte nas empresas. “Haja visto, por exemplo, os diversos índices desenvolvidos pela B3 na temática sustentabilidade. Um deles é o IGPTW, que a Wiz faz parte desde seu lançamento no início do ano, em conjunto com outras 44 empresas listadas”, conclui a executiva.

Carolina Bento, Partner Diretora de Gente e Cultura da Wiz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.